Como montar unidades NFS no Linux

Anúncios

Quer saber como montar um compartilhamento NFS em sua estação de trabalho Linux? Temos a resposta para você neste guia.

Configurar o armazenamento em rede pode ser uma virada de jogo tanto para usuários individuais quanto para organizações, permitindo compartilhamento contínuo de arquivos e backups de dados em uma rede.

Anúncios

Um dos métodos mais populares para conseguir isso é através Sistema de arquivos de rede (NFS)um protocolo que permite aos usuários montar diretórios remotos em suas máquinas como se fossem locais.

Cada distribuição Linux disponível pode montar um compartilhamento NFS – desde que o software correto esteja instalado.

Anúncios

Instalando o software cliente NFS no Linux

Como montar unidades NFS no Linux

Embora o NFS possa parecer assustador para os novatos no Linux, o processo é mais simples do que parece.

Continue lendo enquanto desmistifico as etapas envolvidas na montagem de uma unidade NFS no Linux, oferecendo um guia passo a passo detalhado para você começar a trabalhar.

Seja você um administrador de sistema ou um curioso, aprenda como montar unidades NFS no Linux abaixo.

Para aqueles que se sentem confortáveis ​​com a linha de comando, a maneira mais fácil de montar uma unidade NFS no Linux provavelmente estará ali, na janela do seu terminal. Porém, primeiro você precisa ter certeza de que o software cliente NFS está instalado.

Instalando o software cliente NFS no Ubuntu e Debian

O pacote do cliente NFS possui nomes diferentes em diferentes distribuições Linux. Para Ubuntu, Debian ou qualquer outra distribuição usando o apto gerenciador de pacotes, veja como instalar as ferramentas certas.

Na linha de comando do seu terminal, execute estes comandos: $ sudo apt update $ sudo apt install nfs-common

Siga as instruções na tela e você estará pronto para começar rapidamente.

Preparando-se para montar unidades NFS no CentOS e Fedora

Por outro lado, distribuições como CentOS e Fedora usam o hummm sistema de gerenciamento de pacotes. Veja como instalar os utilitários NFS nesse repositório:

Na linha de comando do seu terminal, execute estes comandos: $ sudo yum install nfs-utils

Novamente, basta seguir as instruções na tela. É uma instalação rápida, então você deve estar pronto para passar para a próxima etapa rapidamente.

Montando o sistema de arquivos NFS

Depois que o software correto for instalado, você poderá montar um compartilhamento NFS remoto como faria com qualquer outro sistema de arquivos. Você apenas usa o comando mount, que assume o seguinte formato: mount [OPTION…] NFS_SERVER:EXPORTED_DIRECTORY MOUNT_POINT

Como você pode ver, você especifica o servidor NFS, o compartilhamento remoto nesse servidor e, em seguida, onde deseja montar o compartilhamento.

Montando manualmente o compartilhamento NFS

Vamos montar passo a passo um compartilhamento NFS chamado “backups”.

  1. Primeiro, crie o diretório onde deseja que o compartilhamento NFS remoto seja montado. $ sudo mkdir /var/backups
  2. Em seguida, monte o compartilhamento NFS executando o seguinte comando como um usuário com privilégios sudo. $ sudo mount -t nfs 192.168.100.127:/backups /var/backups Neste exemplo, nosso servidor NFS possui o endereço IP 192.168.100.127. O diretório compartilhado no servidor é /backups e /var/backups é onde o montamos localmente. Se você não receber uma mensagem em resposta, o comando deverá ter sido concluído com êxito.
  3. Para verificar, você pode digitar o montar ou df-h comandos para ver os sistemas de arquivos montados.

É importante observar que esta é uma montagem temporária. Isso durará apenas até a próxima vez que o computador Linux for reinicializado.

Montando automaticamente sistemas de arquivos NFS

O Linux fornece uma maneira de lembrar esses sistemas de arquivos montados durante as reinicializações. Isto é feito usando o /etc/fstab arquivo. Este arquivo é lido na inicialização e contém uma lista de entradas que definem onde, como e quais sistemas de arquivos o Linux deve montar quando o sistema for iniciado.

Se você deseja que seu compartilhamento remoto NFS seja montado automaticamente na inicialização do sistema, basta seguir estas etapas.

  1. Configure o ponto de montagem para o compartilhamento NFS remoto. Você pode ignorar isso se já tiver montado o compartilhamento temporariamente. $ sudo mkdir /var/backups
  2. Usando o editor de texto de sua preferência, abra o /etc/fstab arquivo: $ sudo nano /etc/fstab
  3. Adicione a seguinte linha ao arquivo, tudo na mesma linha: 192.168.100.127:/backups /var/backups nfs defaults 0 0 De novo, 192.168.100.127 é o endereço IP do servidor NFS, /backups é o compartilhamento remoto e /var/backups é onde queremos montar o diretório compartilhado.
  4. Salve o arquivo e execute o comando mount em uma destas duas formas: $ mount /var/backups $ mount 192.168.100.127/backups

Após esse comando, seu computador Linux irá ler o conteúdo do /etc/fstab arquivo e monte o compartilhamento. A partir de agora, o Linux montará automaticamente o compartilhamento NFS sempre que o computador for inicializado.

Desmontando um compartilhamento NFS no Linux

Então, digamos que você não precise mais usar esse diretório compartilhado. Para desmontar normalmente o sistema de arquivos remoto NFS, você deve usar o quantidade comando. Você segue o comando pelo diretório onde está montado ou pelo compartilhamento remoto.

Basta emitir um desses dois comandos para desmontar o compartilhamento NFS. $ umount 192.168.100.127:/backups $ umount /var/backups

Se você inseriu anteriormente uma entrada para o compartilhamento NFS no fstab arquivo, certifique-se de remover essa linha. Caso contrário, o Linux continuará tentando montar o sistema de arquivos a cada reinicialização.

É importante entender que o Linux não desmontará um sistema de arquivos quando estiver em uso. Isto também se aplica a compartilhamentos NFS. Portanto, se você receber uma mensagem de erro ao tentar desmontar o compartilhamento, será necessário descobrir quais processos o estão acessando.

Isso é feito usando o comando fuser, conforme mostrado abaixo: $ fuser -m /var/backups

Basta substituir /var/backups com qualquer que seja o ponto de montagem real. Ao identificar processos que acessam o sistema de arquivos, interrompa-os usando o comando matar comando.

Usando um martelo maior – Como montar unidades NFS no Linux

Em raras ocasiões, mesmo o fusor e matar combinação de comandos não ajudará. Quando isso acontecer, você precisará tentar algumas outras opções.

Primeiro, você pode tentar a opção “preguiçosa” do comando umount. Dessa forma, o Linux lembra que você deseja desmontar o sistema de arquivos e o faz quando ele não estiver mais ocupado. Aqui está o comando para isso: $ umount -l /var/backups

Como último recurso, e especialmente quando um sistema NFS está inacessível, você pode forçar a desmontagem. Geralmente, isso não é uma boa ideia, pois pode corromper os dados no sistema de arquivos. Se, no entanto, for absolutamente necessário, veja como forçar a desmontagem do compartilhamento NFS. $ umount -f /var/backups

Não posso simplesmente usar a GUI para isso?

Ótima pergunta! Embora não exista um aplicativo de desktop oficial para montar compartilhamentos NFS usando a GUI, há pelo menos uma opção. Disponível no GitHub, GUI NFS simples pode ser o que você está procurando.

O pacote é pequeno e leve, mas ajuda a configurar um servidor NFS, um cliente ou ambos. Definitivamente vale a pena conferir se você precisa da simplicidade de uma interface gráfica para montar compartilhamentos NFS.

Gerenciando unidades de rede no Linux

Montar uma unidade NFS no Linux é uma maneira robusta e eficiente de compartilhar arquivos e diretórios em uma rede. Embora o processo de configuração possa parecer complicado à primeira vista, dividi-lo em etapas gerenciáveis ​​torna-o acessível mesmo para aqueles que são novos na administração do Linux.

Com o NFS, você pode aproveitar as soluções de armazenamento centralizado, simplificando assim o gerenciamento de dados e as rotinas de backup. Ao dominar essas habilidades, você não está apenas adicionando outra ferramenta ao seu conjunto de habilidades em Linux — você também está aprimorando sua compreensão de ambientes de rede e sistemas distribuídos. Feliz compartilhamento!

A questão é: como você usará o compartilhamento remoto NFS? Manter acesso a backups centralizados ou compartilhar sua biblioteca de arquivos de música e vídeo através de sua rede doméstica?

Executando o Windows em vez disso? Não se esqueça de que você também pode mapear uma unidade de rede em seu PC com Windows.

Eduardo Martini
Eduardo Martini

Especialista em vendas e gestão de tráfego, aplico estratégias eficazes para otimizar o engajamento do público e aumentar a visibilidade dos conteúdos.

Minha expertise em escrita persuasiva e uso de ferramentas de inteligência artificial possibilita a criação de textos que não apenas informam, mas também inspiram e motivam os leitores.

Artigos: 419